Banco do Brasil orienta sobre o atendimento
12 fevereiro 2019 |
Compartilhe:

Previsão é que atendimento volte à normalidade em 45 dias

Na madrugada de sexta-feira, dia 8 de fevereiro, as agências do Banrisul e do Banco do Brasil de Ibirubá foram alvo de assalto. Três dias após, o BB retomaram o atendimento de forma parcial.

No fim de semana, duas equipes trabalharam limpando os destroços que ficaram das explosões para agilizar o serviço – boa parte da infraestrutura foi comprometida, especialmente o autoatendimento. O forro de gesso desabou. Os vidros da fachada da agência foram substituídos por tapumes.

O gerente Marco Panosso destaca que pretende retornar até com o atendimento total da parte negocial até esta terça-feira (cliente – gerente pessoal).

Até a tarde de segunda-feira, as equipes trabalhavam com a limpeza do prédio, retirada de entulhos e destroços. Com a explosão da casa forte, as paredes ficaram comprometidas e assim deverão ser reconstruídas, e a porta do cofre, substituída.

 Parede da tesouraria após a explosão

 Casa forte e cofre

O gerente ainda salienta que, com o comprometimento da infraestrutura, o atendimento com numerários (depósitos, transações e saques), deverão ser feitos nas casas lotéricas (limite de saque até R$1.500,00), agência dos correios e ou em agências de cidades vizinhas, como Selbach.

As pessoas podem ir até a agência em Ibirubá, onde serão instruídas pela equipe sobre o que deverá ser feito, mas para quem quiser realizar transações ou verificar o extrato, pode baixar o aplicativo do banco ou diretamente pelo site www.bb.com.br.

 Notas dos caixas eletrônicos

 

Notas manchadas

O valor total levado pelos bandidos não pode ser revelado, mas o gerente garante que as notas foram comprometidas, pois a máquina possui um sistema que as marca com uma tinta vermelha. Desta forma, ele pede que ninguém aceite notas parcial ou totalmente manchadas.

A estimativa da equipe do banco, é que o atendimento total só volte a acontecer daqui a 45 dias, após a reinstalação dos sistemas de segurança, do autoatendimento e da instalação dos caixas.

  Tesouraria

  Teto da agência totalmente destruído

  Sala de autoatendimento após a explosão

 

   Fachada da agência recebeu tapumes

Foto em destaque:Atendimento ao diferenciado ao cliente