Esporte
Conheça os reforços do América para a Temporada 2018
27 janeiro 2018 | Esporte
Compartilhe:

Tapera – Durante a semana, o clube do América/GF/Signor anunciou contratações para engrossar o rol de opções do elenco do técnico Eduardo Valdez Basso, o Morruga, para disputar a 4ª Copa Alto Jacuí, Liga Sul e Liga Gaúcha de Futsal.

A diretoria do América/GF/Signor trabalha agora para fechar o elenco. O goleiro Ban está em fase final de renovação e mais um goleiro, dois fixos e um ala esquerdo deverão ser contratados, além de outro jovem de Não Me Toque, totalizando 16 atletas. Confira as novidades:

Bruno Xavier, o Caixa

O carazinhense de 20 anos vai para a sua quinta temporada vestindo a camisa americana. Ele trabalha dia a dia buscando aperfeiçoar-se e já atuou em diversas partidas seja como titular ou entrando durante o jogo. Nas temporadas passadas disputou clássicos, entrou muitas vezes em quadra só para defender tiros livres e salvou o América em muitas oportunidades. Para esse ano, Caixa promete crescer ainda mais e brigar pela posição de titular no time.

Fabiano Portuga

Vindo de atuações no Corinthians, São Caetano e Umuarama, Fabiano Portuga, 28, se destaca pela movimentação intensa, leitura de jogo e ótima finalização. Observado há algum tempo pela diretoria americana, o ala direito é aposta do clube, que analisou muitos nomes e entende que ele se encaixa no perfil. Portuga abriu mão de uma transferência internacional e de outros clubes de visibilidade no país para encarar o desafio de atuar em solo gaúcho e fazer história no América.

Matheus Jorge

Matheusinho, catarinense de 22 anos, passou por diversos clubes do sul do país e tem boa experiência, já que iniciou na categoria adulto muito cedo. Caracteriza-se pela técnica acima da média e tem na dinâmica e leitura de jogo. O auge do atleta tecnicamente foi na temporada passada atuando pela ALAF de Lajeado. As boas partidas levaram Matheus a transferir-se na metade do ano para o Shabab Al Ahli Club, de Dubai, com contrato até janeiro deste ano. De volta ao Brasil, o ala esquerdo já assinou com o clube taperense. Matheusinho está motivado em voltar ao Brasil e especialmente ao Rio Grande do Sul.

Geovani Belém

Nascido em Belém, e tendo como principais virtudes a velocidade e o chute forte, o jogador foi tricampeão paraibano e em 2017 foi vice-campeão da Liga Nordeste. Também foi eleito o melhor jogador e sagrou-se vice artilheiro da competição. Geovani Belém tem 24 anos e desembarcará em Tapera no final de fevereiro, visando desde então sua adaptação e preparação para a pré-temporada.

 

Gabriel Gurgel

O cearense iniciou no futsal através do projeto SESC Manoel Tobias Futsal e logo chamou a atenção pela habilidade e velocidade em quadra. Além de ter se destacado no projeto, Gurgel conquistou dois títulos de campeão Cearense sub-20, vice-campeão Cearense sub-17 e foi eleito atleta destaque na sub-20. Será a primeira oportunidade que o ala direto terá de atuar fora de seu estado natal, oportunidade essa que ele promete agarrar firme nas disputas da Copa Alto Jacuí, Liga Gaúcha e Liga Sul.

Maiquinho Apodi

Maiquinho Apodi disputou o campeonato Cearense e a Taça Brasil, foi campeão Paraibano e o melhor jogador da competição. No ano passado, o jovem conquistou seu espaço e jogou diversas partidas do Catarinense e da Liga Nacional.  Aos 25 anos, o ala direito está pronto para voltar ao sul do país e consolidar-se como um grande jogador no cenário nacional.

Lucas Theodoro

Lucas, 18, vai para a sua terceira temporada no elenco profissional do América. Filho do ex-atleta do clube Marquinhos, o jogador não tem só o DNA, mas também trabalhou forte nos últimos anos e já pode-se dizer experiente, apesar da pouca idade. Ala esquerdo, o garoto sempre correspondeu nos jogos em que entrou: ano passado marcou um golaço na partida contra o Flores da Cunha em Tapera, encobrindo o goleiro com uma cavadinha sem ângulo.

João Felipe Vieira

O pivô de 20 anos fez parte do grupo americano na última temporada, inclusive participou de jogos da Copa Alto Jacuí e ajudou o time a levantar o tricampeonato. Uma lesão no menisco acabou afastando o jogador das quadras durante todo o restante da temporada. O técnico Giba tecia elogios ao menino. Agora recuperado, retorna ao grupo e será mais uma peça disponível ao técnico Morruga.