Dileta assume a Secretaria da Saúde de Ibirubá
7 abril 2018 |
Compartilhe:

Ibirubá – Passado pouco mais de um ano de administração, o prefeito Abel Grave oficializou segunda-feira, 2, a primeira mudança no secretariado. A vereadora Dileta de Vargas Pavão das Chagas (PP) vai para a secretaria da Saúde, no lugar da correligionária Carlota Artmann, designada para a pasta da Fazenda. Esta estava vaga após o pedido de exoneração do titular Jair Scortegagna, ex-vereador e servidor aposentado. O suplente Marcelo Dellay (Solidariedade) vai para a Câmara.

Na mesma tarde, a secretária Dileta promoveu um ato para oficializar a posse, com bom público presente. Estiveram no Postão o prefeito Abel Grave, secretários municipais, vereadores, servidores municipais, a secretária Carlota, imprensa e convidados.

Técnica de enfermagem, Dileta tem mais de 30 anos de experiência na área da Saúde. Passou pelos hospitais de Ibirubá, Quinze de Novembro, Tapera e Fortaleza dos Valos antes de atuar na saúde pública. Na administração municipal, começou ainda na gestão de Mathias Jacobs, quando o secretário era o Dr. Sérgio Perdigão da Rocha.

Por enquanto a equipe da Saúde não será alterada, não terá modificação. Dileta afirmou peremptoriamente que pretende ficar no cargo até o final do mandato. “Sempre quis fazer o trabalho na Saúde. Fiquei um ano e três meses fora, na Câmara, e a comunidade sentiu falta”, afirmou a secretária, que disse receber muitas demandas dessa área. “A comunidade queria”.

Muitas pessoas enviaram flores pela assunção do cargo na SMS. “Tive até de levar umas para casa”, disse com um sorriso a nova titular da Saúde de Ibirubá.

Mudanças já no 1º dia

A nova secretária da SMS já começou impondo seu ritmo. “A mudança é lenta, mas, aos poucos, eu vou fazer todas as mudanças com as quais me comprometi. Quero resgatar a vontade e o desejo dos funcionários irem ao trabalho”.

Foram implantadas iniciativas significativas. “A primeira coisa foi devolver medicamentos aos grupos de saúde”. Já chegaram os medicamentos que estavam em falta. “Mandei buscar em Ijuí”, disse a secretária. São 21 grupos na cidade e interior. A farmácia da SMS ganha agilidade.

“Aumentei o número de fichas para os médicos atenderem e agora as fichas serão distribuídas diretamente por ordem de chegada, sem senhas”, afirmou Dileta à Reportagem. Pacientes que necessitam consultar à tarde não precisam mais ir à UBS pela manhã pegar uma ficha, podem fazê-lo na mesma tarde.

“Já fiz mudança na entrada, na chegada, cartão de visita (do Postão)”, disse a nova secretária. O método de distribuição das fichas vai diminuir as filas: medidas simples fazem com que as pessoas fiquem melhor acomodadas enquanto aguardam, como a visualização eletrônica do número da senha.

Outras medidas

O Bairro Floresta estava sem médico. “Encaminhei um médico (o Dr. José Guterres), que começa quinta-feira à tarde (dia 5). Ele vai atender todos os pacientes que precisarem”, afirmou Dileta. Quanto às consultas e exames especializados, marcadas sempre no início do mês, ela está fazendo um planejamento. Todas essas ações ocorreram nos dois primeiros dias de trabalho. Também na quinta-feira, a nova secretária pretendia começar a visitar os postos de saúde (UBSs), começando pelo Bairro Floresta, e prosseguindo na próxima semana.

Na quarta-feira estava marcada reunião com o administrador do Hospital Annes Dias, Odair Funk, sobre a regionalização dos partos. Num segundo momento, a ideia é chamar os prefeitos e secretários municipais da região para debater o assunto.

“Vim em missão de paz, quero chegar para agregar e para somar. Muitas vezes posso parecer rude ou brava, mas quero só defender a equipe. Eu quero fazer a diferença na vida das nossas famílias e para as pessoas do nosso município, essa é a minha missão” (Dileta de Vargas Pavão das Chagas)