Elmar Konrad assume a presidência da Farsul
13 maio 2019 |
Compartilhe:

O ibirubense e empresário Elmar Konrad assumiu na última semana a presidência da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul). Elmar, empossado vice-presidente, permanecerá no cargo por cerca de 15 dias, enquanto o presidente Gedeão Pereira está em viagem à Ásia com representantes da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Durante a semana, Konrad participou de vários eventos. Quarta-feira (8), representou a Farsul em duas audiências públicas, de manhã na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul e à tarde no Ministério Público. As audiências trataram do uso do 2,4D e a utilização abusiva deste produto nas lavouras gaúchas.

A motivação também decorreu pelo fato de que vários resultados apresentados a partir do inquérito civil coordenado pelo Ministério Público do RS mostraram que quase 100% das análises realizadas em parreirais, oliveiras e macieiras de diversos municípios gaúchos apontaram contaminação pelo herbicida, causando prejuízos.

Além da Farsul, ainda participaram da audiência representantes de vários segmentos, de produtores ou ligados a estes, Anvisa, Emater, universidades, Ministério da Agricultura, Famurs, secretarias estaduais, pesquisadores, ambientalistas, o promotor de Justiça Alexandre Saltz, coordenador do inquérito civil do 2,4-D no RS.

Na tarde de quinta-feira (09), Elmar participou de duas reuniões de comissões que ele coordena: de seguro rural e crédito agrícola e a Comissão da Soja.

Elmar permanecerá no cargo até o presidente, Gedeão Pereira, retornar. A intenção do governo é realizar uma série de encontros com autoridades e investidores estrangeiros de países que detém importantes relações comerciais com o Brasil, como China, Japão, Vietnã e Indonésia. Além das proteínas, o Brasil tem interesse na abertura de mercado para as frutas brasileiras e no mercado de lácteos. Juntos, esses países importaram US$ 40,67 bilhões em produtos do agronegócio brasileiro, 40% do total exportado em 2018.