Região
Greve nos Correios? Federação deu mais 30 dias de prazo
12 agosto 2019 | Região
Compartilhe:

Em meio a expectativas de privatização por parte do governo federal, funcionários dos Correios de várias unidades federativas haviam anunciado que entrariam em greve a partir das 22 horas de quarta-feira (31). A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) realizou uma reunião com a diretoria da empresa, porém, sem avanços.

A categoria protesta contra o baixo “reajuste salarial e contra a retirada de direitos históricos”, como a exclusão de pais como dependentes no plano de saúde dos funcionários. A Fentect concordou com a proposta do TST de prorrogar a convenção coletiva da categoria por mais 30 dias e, nesse prazo, não promover paralisação. A decisão foi tomada, pois rejeitou a proposta de reajuste salarial da empresa na última tentativa de negociação.

Segundo informações obtidas pelo Jornal Visão Regional, a unidade dos Correios de Ibirubá não planeja participar de nenhuma greve.