Comunidade
Palestras marcam abertura da Semana do Idoso de Tapera
8 outubro 2017 | Comunidade
Compartilhe:

A Semana Municipal do Idoso teve início na tarde de terça-feira, 03/10, em Tapera. As atividades foram realizadas no Centro de Convivência do Idoso e Centro de Eventos.

A abertura contou com a participação de cerca de 100 pessoas. Houve apresentação do grupo de dança da Terceira Idade do CRAS, coordenado pelo educador físico Fabrício dos Santos e palestra.

Para o prefeito Volmar Kuhn, envelhecer é uma grande alegria: “Vocês são pessoas sábias e devem comemorar pelos anos que acumulam, pois muitas pessoas ficaram pelo caminho e não conseguiram chegar até aqui. A nossa preocupação como Administração Municipal é proporcionar qualidade de vida em todas as idades e estamos trabalhando para que todos tenham acesso à Saúde e possam desfrutar das oficinas desenvolvidas pelo CRAS”, argumentou.

Segundo o presidente da Câmara de Vereadores, Neri Nunes dos Santos, “devemos pensar no quanto já vivemos e em quantas experiências acumulamos”. A secretária de Assistência, Miriam Visoto, ressaltou que cada idade tem a sua beleza e envelhecer é inevitável: “Faz parte do ciclo natural da vida, mas queremos todos envelhecer ativos e com corpo e mente saudáveis. Vocês merecem todo o nosso respeito, reconhecimento e admiração. Ter chegado até aqui é uma dádiva”, comentou.

Em nome do Conselho Municipal do Idoso, a presidente Catiéli Klein falou que o conselho deseja assegurar os direitos sociais dos idosos e criar condições para promover a autonomia e a participação efetiva na sociedade. E completou: “Nós, enquanto família, precisamos ensinar nossas crianças a respeitar os idosos, para que sejam jovens e adultos capazes de valorizar a cultura, o saber e o exemplo de vivência dos idosos, respeitando seu tempo e limitações”.

Juíza da Comarca de Tapera, Marilene Campagna

A primeira palestra da tarde foi realizada pela Juíza de Direito Marilene Campagna, sobre a violência contra o idoso. Ela alertou que a violência física é apenas um tipo de agressão sofrida pelo idoso: “A violência psicológica é a mais difícil de identificar, porque ela não precisa nem ser verbal, pode ser apenas pela forma como olham e demonstram o desprezo”, comentou a magistrada.

A Juíza Marilene citou ainda os tipos de violência, como abandono (quando a família não procura mais o idoso), patrimonial (quando a família se beneficia da aposentadoria do idoso ou se preocupa em dividir a herança enquanto os idosos ainda vivem) e sexual (quando os filhos não aceitam os novos companheiros dos pais).

A segunda palestra foi realizada pela especialista em pedagogia social Maria Cristina Backes Weber, que abordou o tema “Envelhecer com Alegria”. Após algumas dinâmicas com o grupo, Cristina falou sobre a alegria de viver e ressaltou que “cada ruga que nós temos no nosso rosto é uma dificuldade que superamos”.

O evento contou também com a presença do vice-prefeito Jorge Luiz de Quadros, secretários e diretores municipais, primeira-dama Marilei Borghetti Kuhn, secretária de Assistência Social e Habitação de Selbach, primeira-dama Lizete Kuhn, e o grupo de idosos de Selbach.

A SEMASC organizou uma surpresa. Os cantores Vana Gobbi, Clóvis Grotto e Arlei Zamboni cantaram e animaram o público. (Assessoria PMT)