Ibirubá
Por 7 votos a 3: Câmara autoriza Executivo contratar empréstimo de R$ 3,6 milhões
23 setembro 2019 | Ibirubá
Compartilhe:

Com uma sessão conturbada, com discussões entre posição e oposição, a Câmara de Vereadores de Ibirubá dia 16 o Projeto de Lei Municipal nº 017/2019, que autoriza o Poder Executivo contratar operação de crédito com a Caixa Econômica Federal. O projeto, de autoria do Executivo, foi sancionado pelo prefeito Abel Grave, que autoriza o empréstimo de R$ 3,6 milhões no âmbito do programa FINISA – Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento – Modalidade Apoio Financeiro destinado à aplicação em Despesa de Capital. Em garantia ao financiamento foram cedidas as quotas do Fundo de Participações dos Municípios (FPM).

O financiamento custeará as obras do Programa Pra Frente Ibirubá, que prevê investimentos da ordem de 10 milhões de reais em infraestrutura e mobilidade urbana. O valor do crédito, disponibilizado pelo FINISA, será destinado a maioria das obras do Projeto, exclusivamente, o reperfilamento de cerca de 30 ruas e o parque ecológico.

O projeto teve apoio de André Ferreira (PP), Marcelo Dellay (SD), Giovane Diesel (PP), Érico Pimentel (PP), Vagner Oliveira (PRB), Jair Scortegagna (PP) e Patricia Sandri (DEM). Votaram contra Silvestre Rebelatto (MDB), Oneide Neuland (DEM) e Glaci Maria de Oliveira, a Nequinha (PDT).

Além desse projeto, ainda foi discutido naquela sessão o Projeto de lei Municipal Nº 018/2019, que também autoriza a abertura de crédito especial com fins à modernização da iluminação pública. O valor de R$ 3.329.122,12 será pago em até 60 parcelas mensais, com previsão de pagamento da primeira em outubro. Além disso, o projeto autoriza a abertura de crédito especial no valor de R$ 168 mil para suprir a despesa com o pagamento das parcelas do exercício financeiro. Este projeto foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores.

Ações do Programa Pra Frente Ibirubá

  • Renovação da iluminação pública em sua totalidade com 100% de luminárias com tecnologia de LED, o que trará economia de energia.
  • Parque Ecológico das Araucárias que irá aproximar a população com a natureza, com a aproximadamente 4 hectares localizado no Bairro Esperança
  • Nova área destinada à habitação para pessoas de baixa renda
  • Extensão da rede de fibra ótica no interior, uma parceria público-privado
  • Infraestrutura completa do Distrito Industrial
  • Transformação da Rua Júlia Rosa em avenida.
  • Projeto de Mobilidade Urbana, R$ 5,135 milhões em pavimentação asfáltica, em mais de 30 ruas. Algumas ruas da cidade receberão pavimentação poliédrica.
  • Projeto de Mobilidade Rural, cerca de R$ 100 mil em pavimentação poliédrica, na Linha Duas, Linha 8, Pulador Sul e Rincão Seco.