Política
Prefeitos não acreditam na regionalização dos partos
17 junho 2017 | Política
Compartilhe:

A Rádio CBS reuniu os prefeitos da região na manhã de quarta-feira (14) para um importante debate em Ibirubá. Na pauta, o estrago das chuvas, a regionalização dos partos e a 20ª Marcha dos Prefeitos em Brasília.

Além da equipe de radialistas da rádio, participaram o presidente da Amaja, Mário Filho, o presidente do Comaja, Volmar Telles do Amaral, e o vice-presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi.

Conforme o prefeito de Santa Bárbara do Sul, Mário Filho, a importância de todas as edições da Marcha a Brasília é o debate e as conquistas obtidas através do evento, como a reforma do Imposto Sobre Serviços (ISS) e o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) – os municípios receberão mais 1% em julho.

“Outro assunto muito importante foi a questão da previdência, onde os municípios irão poder parcelar seus débitos com o INSS.Também conversamos, e foi muito importante, sobre a regionalização dos partos, que poderão ser pactuados em Cruz Alta, Ibirubá e Tupanciretã, mas no momento ainda não está confirmado. Acreditamos que este projeto não está configurado de maneira correta, e que não haverá viabilidade”, destaca Mário.