Esporte
Róger Guedes vai para o futebol chinês
25 julho 2018 | Esporte
Compartilhe:

Natural de Ibirubá, Róger Guedes jogou nas categorias de base do Grêmio até os seus doze anos e logo depois foi para o Criciúma, fazendo seu primeiro jogo como profissional em 2014. No ano seguinte foi transferido para o Palmeiras e assinou um contrato de cinco anos. Com o bom futebol acabou chamando a atenção de outros clubes. Um desses clubes foi o Atlético Mineiro, que no final de 2017 contratou o jogador por empréstimo, válido até o próximo ano.

Com nove gols marcados no Brasileirão, ele continua como o artilheiro da competição. Por esse motivo vários clubes passaram a demonstrar interesse por seu futebol, como por exemplo o Porto (Portugual), o turco Fenerbahçe e também clubes árabes e da China.

Quem acabou levando o jogador foi o Shandong Luneng, da China, que pagou 9,5 milhões de Euros (R$ 41,6 milhões). Sua ida para o clube chinês também significa o fim do contrato com o Atlético Mineiro, que receberá 2,5 milhões de euros (R$ 11,3 milhões), 25% do valor total.

Com muito dinheiro investido e incentivo por parte dos clubes, a China tem sido a escolha de muitos atletas que desejam jogar fora do Brasil. Mesmo não conseguindo atingir o mesmo patamar dos grandes clubes da Europa, os valores oferecidos aos jogadores são tentadores.

No total, Róger já tem em sua carreira profissional 173 jogos, 33 gols e 14 assistências. Seu contrato com o clube chinês só será oficializado no final do ano, por conta do fechamento da janela de transferências.