Tapera
Terno de Reis de Tapera é o mais tradicional da região
13 janeiro 2018 | Tapera
Compartilhe:

Grupo concentrou na antiga Brahma

Há 41 anos o Terno de Reis sai pela cidade para anunciar a boa nova: o nascimento de Jesus. O grupo realizou a caminhada na noite de sexta-feira, 5, até ao meio dia do último sábado.

Mais de 200 pessoas concentraram-se a partir das 21h30min na residência de Avelino Moraes, local tradicional do encontro, e acompanharam os Reis. Primeiramente, como é de costume foram ao jazigo de um dos membros fundadores do grupo, Arno Presser. Este ano, mais um jazigo foi visitado, o de Maria Cecília Corazza, tragicamente falecida em 2017, aos 24 anos, ela que também participava da festa desde criança.

Após as homenagens e orações, o grupo saiu para as visitas. A primeira casa visitada foi a do professor Vicente Werlang e assim se repetiu por outras 20, até ao meio dia do sábado. Em todos os lugares, os integrantes eram recebidos com alegria.

O Dia de Reis, segundo a tradição cristã, foi aquele quando Jesus recém-nascido recebeu a visita de magos do oriente: Melchior, Gaspar e Baltazar. O fato é revelado na bíblia em Mateus 2:1. Três Reis Magos visitaram o Menino Jesus no dia que seria 6 de janeiro. A noite que o antecede então é a “Noite de Reis”, tradição que surgiu no século VIII e marca o encerramento dos festejos natalinos, com o desmonte dos presépios e a retirada dos enfeites.

Este ano foi visitado o jazigo de Maria Cecília Corazza

Uma das visitas alegres e festivas dos Reis