Jovem taperense é destaque na música em todo o Brasil
4 outubro 2021 | Cadernodois
Compartilhe:
O taperense Luís Henrique Schultz, de 19 anos, é filho de Sidinéia e Elisandro Schultz. Atualmente, reside em Piratuba (SC). Começou a cantar em casa aos cinco anos de idade, e aos seis, iniciou sua participação nos festivais da canção de Tapera e região. Os professores do coral a União Faz a Vida, do município, foram até os pais de Luís Henrique convidá-lo para entrar no coral. Na época, os ensaios eram feitos no Ginásio Poliesportivo. Assim, o jovem músico começou a fazer parte do coral e foi ganhando participações solo nas apresentações comemorativas do município e região. Luís Henrique foi se destacando, e assim, começou a receber convites para cantar em barzinhos, bem como em festas particulares.  “Nessa época, eu já postava vídeos covers em minhas redes sociais, em que tomaram grande proporção na internet”, completa. Então, surgiu o convite para ele abrir o show nacional do Padre Alessandro Campos, na cidade de Concórdia (SC). Após a abertura, participou do programa Aparecida Sertaneja da TV Aparecida, que na época, era apresentado pelo Padre Alessandro. Depois dessa participação no programa, Luís participou de inúmeros programas de rádio e programas de TV, como o Prosa Sertaneja, de Maringá, no Paraná, do Programa Odair Terra, também na TV Aparecida, dentre outros. Participou pela primeira vez do rodeio de Barretos (SP), o maior da América Latina, a convite do administrador do maior palco infantil desse município. Atualmente, o músico faz parte da LM Produções - TV VIP, de Cajuru (SP). Luís Henrique conta que “as pessoas, por meio dos meus vídeos na internet, sempre me incentivaram a participar do The Voice Brasil Kids”. Então, ele fez sua inscrição e chegou até o penúltimo programa, “até a semifinal, onde já me sentia um vencedor”, diz ele. Após o The Voice, o músico participou do Rodeio de Barretos, sendo padrinho do maior palco infantil. “Participei do programa do Odair Terra, Terra da Padroeira, Kleber Oliveira, RBS, NSC, Jornal do Almoço, Jornal Nacional, com várias matérias em cada uma das TVs”, comenta. Sobre os festivais da canção, por Luís Henrique ter participado de vários programas nacionais referentes à música, “é bem difícil aceitarem minha participação no festival como participante. Os convites que eu recebo são para ser jurado dos festivais, fazer show depois do festival, participação surpresa, entre outros”. Atualmente, ele está fazendo shows em todo o Brasil. “Montamos um projeto chamado ‘Acústico Pegada LH’, em que foi formado um projeto mais reduzido devido à pandemia. Está sendo muito bem aceito, me levando ao Top 5 Artista de SC”, conta ele. Recentemente, o jovem passou por um período complicado. “Fiz minha inscrição para um programa de televisão nacional (não posso divulgar o nome do programa), onde passei por todas as etapas e seletivas, muitas etapas por salas de vídeos e online. Devido à pandemia, um dia antes de embarcar para fazer as primeiras gravações e assinar o contrato com a emissora, fui desclassificado por um contrato que está vigente no meu nome no cartório de Maringá, referente a uma dupla que fiz em 2019. Foi uma decepção bem grande para mim. Acionamos advogados para resolver a questão e ainda estamos nessa batalha”. Para ele, “perdi uma oportunidade gigantesca, uma oportunidade de ouro, mas acredito muito em Deus e no meu trabalho. Tem muitos projetos novos vindos – um pocket que vamos lançar com músicas inéditas, nossos shows com nossa banda completa, voltando com todo gás, e esse período difícil que passamos é para nos fortalecer, trazendo aprendizado”, ressalta. Luís Henrique deixa uma mensagem para a comunidade taperense:  “Agradeço imensamente à minha cidade natal, onde tenho muitos amigos, muitas pessoas que me acompanham e torcem realmente por mim. Agradeço de coração a todas as oportunidades do coral União Faz a Vida, ao prefeito Volmar Kuhn, que mesmo na época em que não estava no cargo de prefeito, me ajudava muito e me apoiava. Agradeço à prefeitura e a toda a comunidade maravilhosa taperense”. Para os que querem ganhar a vida com a música, Luiz destaca: “Nada é impossível aos olhos de quem acredita. Trabalhe com muito foco, muita perseverança, fé em Deus e energia positiva. Tudo irá acontecer e se realizar no momento certo, e com certeza, todos os planos e projetos se realizarão com muito êxito”, concluiu.

Buscas

Categorias

AniversáriosBaladaSocial