Emater de Tapera destaca sobre a agricultura no município
18 outubro 2021 |
Compartilhe:

No dia 17 de outubro, comemora-se o Dia da Agricultura. Esta data celebra uma das atividades mais antigas da humanidade: a “arte” de cultivar a terra, retirando dos campos alimentos essenciais para a subsistência e manutenção da economia mundial.

No município de Tapera, os agricultores iniciaram as suas atividades com base na agricultura, através colonização, que se iniciou em 1897, quando começaram a chegar os primeiros colonos italianos e alemães.

O povoamento era feito às margens dos rios, em virtude da água, necessária para o consumo, para a limpeza e para animais, e também perto das estradas ou picadas, o que facilitava o acesso a outras localidades, pois no município havia imensos pinheirais.

Segundo o extensionista da Emater de Tapera, Jair Ross, nesta época, a produção de alimentos era baseado para o consumo próprio, também a produção de trigo, milho, e criação de animais, visando a venda na região. Neste período, o processo de produção era manual, sem o uso de máquinas.

Os agricultores da época tiveram muitas dificuldades para ampliar as atividades, especialmente os pequenos produtores, com poucos recursos e sem o uso de tecnologia.

Com o passar dos anos, houve o aprimoramento das atividades, assim como o surgimento da cultura da soja. A partir daí, deu-se início ao uso da tecnologia, aos insumos agrícolas, às máquinas, aos equipamentos, às cooperativas, aos Sindicatos, aos Bancos, enfim: à estrutura de apoio à agricultura, tanto no município como na região.

Segundo Jair, a criação do Escritório Municipal da Emater/RS – Ascar em Tapera aconteceu no dia 27 de dezembro de 1966, há 55 anos. Desde então, os profissionais da Assistência Técnica e Extensão Rural trabalham para levar às famílias do meio rural alternativas de produção, voltando à melhoria da renda familiar e da qualidade de vida, e visando os aspectos, econômicos, sociais e ambientais.

Destacam-se atualmente os altos níveis de produtividade, soja, milho, trigo, aveia, assim como na produção leiteira, suinocultura e aves de corte. A tecnologia implementada, muito presente nas atividades, é capaz de gerar importante receita às famílias, um setor fundamental na economia do município.

Hoje, a equipe da Emater assessora os agricultores na produção de alimentos para o auto consumo, feira do produtor, criação de agroindústrias familiares, crédito rural, produção leiteira, manejo e conservação do solo, criação de abelhas, organização das mulheres, dentre outras atividades essenciais às famílias com base nas políticas públicas disponíveis às famílias do meio rural.

A Emater ressalta, também, sobre a participação nos conselhos municipais, parcerias com entidades e lideranças locais. “A equipe local da Emater/RS-Ascar parabeniza todos os agricultores pelo seu dia, pela sua importância junto à sociedade, na nobre missão em produzir alimentos”, concluiu Jair.