EMEF Francisca Cerutti desenvolve o projeto “Bullying”
23 novembro 2021 |
Compartilhe:

O Projeto “Bullying”, do programa A União Faz A Vida, coordenado pela professora Ana Caroline Maciel Quetheman, formada em Pedagogia e com pós-graduação em Neuropsicopedagogia, oportuniza muitos aprendizados e reflexões no decorrer de sua realização.

O bullying é uma violência que acontece de forma física e/ou psicológica entre crianças e adolescentes. Traz consequências graves para as vítimas, como infrequência escolar e desânimo, podendo agravar-se para uma depressão. “Com o objetivo de conscientizar os alunos sobre o bullying, iniciaram-se atividades sobre o assunto e, a partir disso, foi criado este projeto”, explica a professora.

A primeira atividade proposta conteve diversas perguntas sobre o bullying, em que os alunos deveriam discutir e responder com a família. Então, como atividade complementar, foi organizada uma roda de conversa em que todos colocaram as respostas que realizaram com a família. “Foi um momento de muita reflexão sobre atitudes e falas que usamos dia a dia, principalmente na escola”, diz Ana.

A partir do debate, foram elaborados dois cartazes: “O que é bullying?” e “O que podemos fazer para acabar com o bullying?”.

A partir das respostas dos alunos, surgiram muitos assuntos e gatilhos para atividades que estão sendo realizadas, como reportagens, notícias, vídeos, histórias, dentre outras. “Todas as atividades são ministradas de forma com que os alunos repensem suas atitudes e elaborem estratégias para melhorar o convívio entre todos”, pontua a profissional da educação.

Também como proposta lúdica, os alunos jogaram “Vigilante de bullying”, em que todos precisavam seguir as regras propostas na trilha para avançar.  A escola também contou, na última quinta-feira, com a presença do psicólogo Abner Barzoto, o qual esclareceu muitas dúvidas levantadas pelos alunos sobre esse assunto, oportunizando muito aprendizado.

O projeto está na reta final, e para isso, será realizada uma pesquisa de campo com todos os alunos da instituição para saber como eles estão se relacionando com os colegas e amigos. Como encerramento, está sendo planejado um amigo secreto, com cartões em que, para revelar o amigo secreto, será necessário falar as qualidades dele.

Também participou desta matéria a professora Daiana Knudsen Kronbauer, que declarou: “Somos seres em crescimento. É na escola que muitas coisas acontecem, e devemos estar atentos para podermos ajudar nossos alunos a crescer com uma vida saudável e feliz. Estar bem consigo e com o outro é imprescindível! Vamos semear somente a amizade, o amor, a cooperação, a paz, a solidariedade, o respeito, a empatia, a vontade de aprender sempre mais”, concluiu.