Tapera
Extensão rural: Mulheres com diferentes realidades
19 março 2021 | Tapera
Compartilhe:

Catieli Klein, Extensionista Rural Social da Emater/RS-Ascar no Escritório Municipal de Tapera, é graduada em Ciências Biológicas, com especialização em Gestão Ambiental e, atualmente, é aluna do sétimo semestre do curso de Agronomia. É filha de um casal de agricultores, sendo sua mãe, também, professora.

Conforme Catieli, “desde criança, senti um amor e aprendi a cuidar do rural, e foi esse um dos principais motivos que me levaram a escolher a extensão rural para ser minha profissão”.

No decorrer de seu trajetória, a extensionista teve outros trabalhos, conheceu muitas pessoas com as quais aprendeu, compartilhou conhecimento e adquiriu experiências. “Mas também, assim como inúmeras mulheres, enfrentei momentos de discriminação e preconceito por ser mulher e estar fazendo atividades que, conforme estereótipos criados pela sociedade, seriam realizados por homens. Porém, esses acontecimentos me fizeram perceber que nós, mulheres, somos mais fortes do que imaginamos”, completou.

“Não podemos aceitar a naturalização de fatos que nos agridem psicologicamente como se fossem algo normal. É necessário promover a igualdade e a equidade entre gêneros, e um local muito importante para essa construção é o ambiente familiar, buscando criar nossos filhos livres desses estereótipos de homem e de mulher”, frisa.

Na extensão rural, são encontradas “mulheres que têm a parceria do marido e dos filhos na realização das tarefas da propriedade, compartilhando sugestões e decisões. Há outras famílias em que [as coisas] não acontecem dessa maneira, e algumas, nas quais as mulheres são protagonistas das atividades da propriedade”, ressalta.

Catieli conclui com uma mensagem por equilíbrio:

“Gostaria de pedir às mulheres empatia, que coloquem-se no lugar das outras e ouçam com respeito. Não devemos julgar as outras mulheres, mas sim, ter sororidade, ajuda, afeto e união. As datas especiais, como o 8 de março, nos levam a refletir sobre as questões de igualdade e equidade de gênero e a ressignificar conceitos na busca do equilíbrio da sociedade em que vivemos.”