Fisioterapeuta fala sobre sua trajetória profissional
18 outubro 2021 |
Compartilhe:

 

Por: Tauana P. da Costa-Jornalista do Jornal da Integração-Tapera/RS

O Dia do Fisioterapeuta foi comemorado nacionalmente na quarta-feira (13). Esse profissional possui uma atuação que vai além da reabilitação após acidentes e traumas, sendo essencial, também, na promoção de saúde, prevenção de lesões graves e melhoria na qualidade de vida.

Oneide Terhorst Hubner formou-se na primeira turma de Fisioterapia, em julho de 1992, na Unicruz, e é pós-graduada em Saúde Pública. Atuou no Hospital São Jacob, em Selbach, no Hospital Nossa Senhora do Rosário, em Tapera, e em 2001, ingressou na Prefeitura Municipal de Tapera com concurso público, onde atua até o momento.

Conforme Oneide, o fisioterapeuta atua em diversas áreas e especialidades, mas em síntese, “pode-se dizer que ele atua no alívio da dor, na correção e reabilitação do paciente”, resume.

Para ela, o que mais lhe marca é “ver a satisfação, um sorriso do paciente que, após sofrer um acidente de trabalho ou de trânsito, ou até mesmo com outros problemas e que teve lesões físicas sérias e possuía dificuldades motoras para a locomoção, ou para realizar suas atividades da vida diária (AVDs), conseguir, através da fisioterapia, voltar a se movimentar e andar normalmente. Isso é a minha maior alegria e que me motiva a continuar a minha trajetória profissional”, comenta Oneide.

“Se você é profissional da área, nunca deixe de ter como objetivo maior melhorar a qualidade de vida dos seus pacientes. Essa é uma causa nobre, e a fisioterapia permite que você faça essa diferença para os seus pacientes”.

“Fisioterapia é gratidão e missão. Felicidade por mais uma etapa vencida ao final de um dia. É a certeza de que valeu a pena ser guardião do movimento do mundo. Por isso, Feliz Dia do Fisioterapeuta a todos os meus colegas de profissão”, conclui ela.