Lagoa dos Três Cantos está em Situação de Emergência
29 dezembro 2021 |
Compartilhe:
O prefeito de Lagoa dos Três Cantos Sergio Antonio Lasch decretou na terça-feira (28) Situação de Emergência devido a forte estiagem que desde a segunda quinzena de outubro tem gerado severos prejuízos, especialmente ao setor primário
Dados da Emater/RS – Ascar apontam que até o momento a lavoura mais afetada é a de milho, pois atingiu a fase mais crítica da cultura que é o florescimento e se estendeu durante o enchimento de grãos. Como consequência, em muitas áreas houve perda total das lavouras, que não formaram espigas, noutras ocorreu a produção de poucas espigas, de tamanho pequeno e com falhas de grãos. As perdas estão estimadas em 90%, sendo este quadro irreversível.
A produção leiteira também foi drasticamente afetada, visto que o período de estiagem coincidiu com o momento de implantação e desenvolvimento inicial de pastagens de verão. Houve redução significativa no crescimento e desenvolvimento de pastagens e há necessidade de ressemeadura em muitos casos, quando as condições de umidade do solo forem favoráveis. A produtividade da silagem de milho também foi reduzida significativamente e apresenta pouca qualidade pela baixa produção de grãos. A produção leiteira, no mês de dezembro, teve redução de 50%.
Na cultura da soja os prejuízos ainda estão sendo contabilizados e a situação se agrava com a continuidade da estiagem. Muitas áreas ainda não foram semeadas e outras necessitam de ressemeadura devido à baixa população de plantas estabelecida. As perdas se devem ao atraso na semeadura, necessidade de ressemeadura em algumas áreas, crescimento lento em lavouras estabelecidas, com poucas folhas e porte baixo, além do início de florescimento das variedades precoces, em plantas com baixo vigor.
Já são mais de 50 municípios no estado em situação de emergência.
*Prefeitura Municipal de Lagoa dos Três Cantos