Rio Grande do Sul não terá mais limitação de público em eventos e acabarão as multas
19 novembro 2021 |
Compartilhe:

O estado do Rio Grande do Sul contará com flexibilizações nas regras de prevenção ao coronavírus. As medidas devem ser publicadas nesta sexta-feira, 19, e começando a valer no sábado, dia 20.

Entre as mudanças, o Estado retira o limite de ocupação em locais abertos ou fechados e a exigência de comprovante vacinal em municípios com mais de 90% da população adulta completamente imunizada, que passa a ser uma recomendação e não exigência em todas as atividades, incluindo as de maior risco. Com a liberação total de público, o Internacional poderá, por exemplo, terá utilização de todo o Estádio Beira-Rio na noite de sábado contra o Flamengo.

Além das flexibilizações, o Estado também retira multas por descumprimento das regras, mas mantém quatro normas obrigatórias para todas as pessoas em território gaúcho: usar máscara bem ajustada e cobrindo boca e nariz, principalmente em locais fechados ou com maior número de pessoas; manter e garantir o isolamento domiciliar de pessoas e seus contactantes com suspeita de Covid-19 até acesso à testagem adequada e, em caso de confirmação, evitar a realização de atividades fora de casa; disponibilizar água e sábado ou álcool 70% para público e trabalhadores, para limpeza frequente das mãos; além de apresentar o comprovante vacinal (regra obrigatória para municípios com menos de 90% da população adulta completamente imunizada) antes de entrar e para permanecer em eventos e atividades de maior risco ou aglomeração, como por exemplo competições esportivas, casas noturnas e eventos de entretenimento (festas).

Protocolos que permanecem obrigatórios para todas as pessoas

• Usar máscara bem ajustada e cobrindo boca e nariz, principalmente em locais fechados ou com maior número de pessoas. O uso obrigatório de máscara é definido pela Lei Federal 14.019, de julho de 2020.
• Manter e garantir o isolamento domiciliar de pessoas e seus contactantes com suspeita de Covid-19 até acesso à testagem adequada e, em caso de confirmação, evitar a realização de atividades fora de casa.
• Disponibilizar água e sabão ou álcool 70% para público e trabalhadores, para limpeza frequente das mãos
• Apresentar o comprovante vacinal antes de entrar e para permanecer em eventos e atividades de maior risco ou aglomeração.