Tribunal do júri condena os dois réus a 14 e 21 anos pela morte de Mauricio Pinheiro
22 outubro 2021 |
Compartilhe:

O tribunal do júri reuniu-se nesta quinta-feira,21, na Câmara de Vereadores de Tapera, para julgar R. P da S. e L. G. L. da R, acusados da morte de Maurício Pinheiro (homicídio qualificado).

R. foi condenado a 21 anos e 4 meses de reclusão, em regime inicial fechado e L. a 14 anos de reclusão, em regime inicial fechado.

A sentença foi proferida no final da tarde pela juíza Luana Schneider, diretora do Fórum da Comarca, que presidiu a sessão. Segundo ela, R. deu a ordem da execução de dentro do presídio e L. executou o crime.

Relembre o caso

Na noite de 30 de abril de 2019, por volta de 20h30min, Maurício Pinheiro, então com 35 anos, morreu após ser baleado. Pelas informações na época, Maurício estaria em um bar quando recebeu dois tiros nas costas. Ele saiu caminhando do local pedindo por socorro. Foi conduzido ao Hospital Roque Gonzalez onde veio a óbito.

Na noite do dia 03 de maio o autor da morte se apresentou na DP local, acompanhado do seu advogado.