Economia
Sicredi reuniu assistências técnicas para apresentar o Plano Safra 2017/2018
8 julho 2017 | Economia
Compartilhe:

Presidente Sérgio destacou a importância das assistências técnicas para o Sicredi

A Sicredi Integração Rota das Terras RS reuniu quarta-feira, 5, na Afuco, em Tapera, as assistências técnicas dos municípios de Ibirubá, Quinze de Novembro, Selbach, Colorado, Tapera e Lagoa dos Três Cantos para a apresentação do Plano Safra 2017/2018. O presidente Sérgio Tonello fez a abertura do evento, que foi conduzido pelo diretor executivo Luiz Fernando Scartezini e pelos assessores Débora Roveda Bertoldi e Gabriel Pedrotti.

Foram apresentadas aos profissionais as principais novidades e alterações, com destaque para a queda na taxa de juros em algumas linhas da agricultura empresarial, bem como a exclusão do item 2.5.3 do MCR – Manual de Crédito Rural do Banco Central do Brasil, o qual admitia a liberação de parcelas referentes a fertilizantes, corretivos, defensivos agrícolas ou sementes fiscalizadas ou certificadas, comprovadamente adquiridos até 180 dias antes da formalização do crédito e destinados à lavoura financiada.

Desde 1º de julho, o item 2.5.2 MCR passou a disciplinar o financiamento de itens adquiridos antes do financiamento pelo produtor rural, onde é lícita a liberação de parcelas do crédito para cobertura dos gastos já realizados com recursos próprios do associado, sem que se configure recuperação de capital investido, quando os itens pertinentes constituem despesas que integrem o orçamento considerado para concessão do crédito, bem como os gastos tenham sido realizados após a apresentação da proposta ou, inexistindo esta, após a formalização do crédito.

Assistências técnicas estiveram reunidas para o lançamento do Plano Safra do Sicredi

O Plano Safra 2017/2018 foi lançado em maio pelo Governo Federal, com a previsão de disponibilizar R$ 220 bilhões em recursos para atendimento do setor agropecuário no país, sendo R$ 30 bilhões para Agricultura Familiar e R$ 190 bilhões para Agricultura Empresarial. A projeção do Sistema Sicredi é liberar R$ 14,8 bilhões em crédito rural para o novo ciclo, devendo efetivar mais de 195 mil operações. No fechamento consolidado nacional do ciclo Safra 2016/2017, o Sistema Sicredi liberou mais de R$ 11,3 bilhões em custeio e investimento, sendo 39% superior que na safra anterior (2015/2016), com a realização mais de 150 mil operações. E desse total, R$ 1,7 bilhão foram liberados via recursos do BNDES.

Segundo Scartezini, o Sicredi está com os recursos disponíveis para o início das contratações, que deverá ocorrer nos próximos dias, sendo que os associados já podem procurar as agências do Sicredi e as assistências técnicas para o encaminhamento das operações. “O trabalho dos profissionais das assistências técnicas é fundamental para a correta formalização dos projetos/orçamentos e garantem agilidade, melhor produtividade e renda ao associado”, destacou.

Luiz Fernando falou sobre a importância do Plano Safra

O diretor executivo comentou que para o novo ciclo do Plano Safra 2017/2018, a Sicredi Integração Rota das Terras estará direcionando mais de R$ 170 milhões em crédito para os associados, sendo 17% superior ao ciclo 2016/2017.