Assembleias da Sicredi Integração Rota das Terras RS reuniram mais de 7,5 mil associados
18 março 2018 |
Compartilhe:

A Sicredi Integração Rota das Terras RS realizou entre os dias 26/2 e 13/3 as Assembleias 2018, que contaram com a participação de 7,5 mil associados. Foram 16 encontros, sendo três em Selbach, dois em Colorado, um no Distrito de Vista Alegre/Colorado, dois em Quinze de Novembro, dois em Ibirubá, dois em Lagoa dos Três Cantos e quatro em Tapera. A condução foi do presidente da instituição financeira cooperativa, Sérgio Luiz Tonello, com apoio dos diretores Luiz Fernando Scartezini e César Luiz Ritter, e dos gerentes André Paulo Reis, Jerri Adriani Tramontini, Neimar Rodrigues da Silva, Clóvis Luiz Strehl, Volmir Luis Giacomolli, Adriano Sbabo e Fabrício Barboza.

Tonello falou sobre as três novidades implantadas pela instituição financeira cooperativa nas assembleias deste ano. A primeira foi o Relatório Anual, que deixou de ser impresso para ser apresentado em forma de vídeo. A outra foi a realização da assembleia em dois horários, um à tarde e outro à noite, onde o associado optou por acompanhar em um dos dois horários, facilitando assim, a sua participação. A última novidade, o sistema de votação eletrônico, onde o associado recebeu um aparelho para votar nos assuntos da ordem do dia, o que trouxe mais transparência, agilidade e segurança nas votações.

Os associados presentes deliberaram e aprovaram o relatório de gestão, a prestação de contas de 2017, a proposta de destinação do resultado, as novas regras do Banco Central do Brasil sobre as políticas de sucessão, gerenciamento de risco de conformidade e as normas de auditoria interna, e o projeto de expansão do Sicredi para Minas Gerais.

A Sicredi Integração Rota das Terras RS encerrou o ano de 2017, com R$ 584,7 milhões de ativos, uma carteira de crédito superior a R$ 473 milhões e um patrimônio de R$ 157 milhões. O resultado do exercício foi de R$ 26,8 milhões, sendo que no final do ano, foi feito o pagamento de juros ao capital social dos associados no valor de R$ 4,6 milhões. Feitas as destinações legais e estatutárias, que foram de R$ 14,8 milhões, o resultado à disposição da assembleia foi de R$ 7,4 milhões, sendo que a distribuição será feita de acordo com a movimentação de cada associado em 2017.

O presidente falou que o Sicredi gera resultados econômicos e sociais que impactam diretamente nas comunidades, gerando maior desenvolvimento. Destacou o Programa de Educação Cooperativa A União Faz a Vida, que leva a cooperação e cidadania para mais 4,2 mil alunos e 409 educadores em 41 escolas na área de atuação da cooperativa. “Quanto mais o associado investir na sua cooperativa, mais retorno será gerado para ele e para as comunidades”, ressaltou.

Conforme Tonello, os debates e as deliberações de interesse coletivo, ocorreram nas Assembleias de Núcleo, onde os sócios têm a oportunidade de exercer seu papel de dono do empreendimento, participando de forma efetiva na gestão. O coordenador leva os votos e é responsável por apresentá-los na Assembleia Geral, que será realizada no mês de abril. O dirigente agradeceu a participação de todos nas assembleias e destacou, que no Sicredi, o trabalho e as decisões ocorrem de forma conjunta para o fortalecimento da cooperativa.

Assembleia realizada em Ibirubá

Quinze de Novembro…

Tapera (Afuco)…

Tapera (Tenarião)

Lagoa dos Três Cantos

Vista Alegre/Colorado

Colorado (cidade)

Linha Floresta/Selbach

Foto em destaque: Reunião de Selbach