Brigada troca tiros e prende assaltantes de bazar
18 fevereiro 2018 |
Compartilhe:

Sargento Roberto

A última quarta-feira foi agitada para o policial militar Paulo Roberto dos Santos, Sargento do Pelotão da BM de Selbach. Ele estava pronto para vir a Ibirubá, onde substituiria o Tenente Graminho no comando da 2ª Cia. – de férias até dia 1º – mas já o primeiro dia de trabalho foi de muita ação: um bando de Carazinho efetuou roubo em uma loja de Ibirubá, houve tiroteio e a BM mostrou eficiência, os detendo e prendendo em Selbach.

Quatro homens armados chegaram por volta das 9h20min à Loja do Mathias, na Rua Sete de Setembro, centro da cidade, renderam o proprietário e fugiram em um GM Corsa cinza levando telefones celulares e algum dinheiro. Entre as armas, foram identificadas uma garrucha e um revólver.

O Corsa foi identificado com as placas INZ 4011, que havia sido roubado de um casal na noite anterior, em Carazinho. O veículo foi avistado fugindo em direção a Selbach.

O Sargento Roberto estava deslocando-se a Ibirubá juntamente com o Soldado Nascimento (Alziro Machado Nascimento), também do Pelotão de Selbach. A sala de operações do quartel da BM em Ibirubá foi informada do fato e imediatamente eles se deslocaram pela ERS 223, supondo um encontro com os fugitivos. Ato contínuo, foi solicitado apoio e informada toda a força de segurança da região.

Confronto

O encontro ocorreu em Arroio Grande/Selbach, logo depois do trevo, no sentido Ibirubá-Selbach. A viatura empreendeu perseguição e os bandidos dispararam contra os PMs no trevo de acesso a Colorado, com os veículos em movimento.

O Corsa dirigiu-se pela ERS 402, que demanda a Colorado. Passaram o primeiro trevo de acesso à cidade de Selbach, mas o condutor perdeu o controle e o veículo tombou perto do segundo trevo.

Houve nova troca de tiros. Os criminosos abandonaram o veículo e tentaram fugir para uma lavoura de soja. Os PMs receberam reforço de mais dois soldados para fazer a varredura, e conseguiu capturar três elementos. Oito policiais participaram da ação, incluindo a Polícia Rodoviária Estadual de Tapera.

I.C.R, 21 anos, alcunha H.E.L., já esteve preso e tem antecedentes por homicídio, roubo e receptação de veículo. Os outros dois são menores. Um tem 17 anos e antecedentes por roubo (15 ocorrências em estabelecimentos comerciais, residências, veículos e pedestres), além de outros crimes, fugas de internações; o outro menor não tem antecedentes, foi atingido por um tiro e encaminhado sob custódia ao Hospital de Carazinho.

O outro comparsa, que inicialmente conseguiu fugir, foi preso depois por policiais civis de Colorado. Trata-se de A.A.S, 19 anos, que tem antecedentes por lesão corporal e ameaça. Todos são de Carazinho.

A Polícia recuperou quatro telefones celulares e R$ 235 em dinheiro.