Caminhada marca dois anos da morte do Pe. Eduardo
20 maio 2017 |
Compartilhe:

 

No dia 22 de maio, data da morte do Padre Eduardo Pegoraro, ocorre a 2ª Caminhada Pela Paz em Tapera. É a próxima segunda-feira.

O pároco Oswaldo Baptista Ferreira Júnior lembrou que a iniciativa surgiu ano passado, quando completou o primeiro ano do crime, para pedir justiça. Agora o ato se repete e ganha também um discurso de justiça social, especialmente quanto a corrupção no Brasil. “Queremos justiça, justa e verdadeira, a situação do país e justiça para todos os brasileiros”, destacou o Padre Oswaldo.

Confirmaram presença padres da Arquidiocese de Passo Fundo, inclusive o Arcebispo Dom. Rodolfo.

A caminhada inicia a partir das 9h no Seminário Sangrado Coração de Jesus, seguindo até a Igreja Matriz, onde o arcebispo celebrará uma missa. “Logo após, padres e o arcebispo terão uma audiência com a Promotora de Justiça da Comarca, para saber como está o andamento do processo”, ressaltou o Pe. Oswaldo. Esse encontro será fechado, sem a participação da imprensa, às 13h30min, no Fórum de Tapera.

 

Paranaense pesquisa para escrever biografia do Pe. Eduardo

O escritor Erlindo Rosa, de Pato Branco (PR), está coletando dados da vida do Padre Eduardo Pegoraro, que pretende reunir em um livro biográfico. Erlindo estará em Tapera segunda-feira, participando da 2ª Caminhada Pela Paz.

Erlindo já escreveu outras biografias e participa da Academia de Letras e Artes de Pato Branco. O interesse no trabalho veio da convivência com o religioso: sua esposa tem parentesco com a Família Pegoraro. O Padre Eduardo sempre celebrava a missa nos encontros da família, que acontecem há doze anos.

Foto em destaque: Pe. Oswaldo Baptista Ferreira Junior explica: caminhada é por justiça