Cargos e contratações da Câmara em pauta
3 junho 2017 |
Compartilhe:

Os vereadores da oposição (Tuta Rebelato, Leonardo Fior, Oneide Neuland e Patrícia Sandri) assinaram pedido de informação datado de 25/5 referente à situação dos cargos comissionados da Câmara Municipal (CCs). Eles querem saber o nome, cargo, vencimento, encargos, datas de admissão e exoneração, valores de diárias, adiantamentos, passagens, despesas e outros desde 2010. O texto pede, ainda, que seja informada a soma destas despesas, por servidor, e o total.

Os vereadores também requereram oficialmente que a Câmara Municipal realize ainda este ano concurso público para efetuar contratações de procurador ou assessor jurídico e demais assessores, deixando apenas um cargo de confiança (CC) para assessoramento direto do presidente da Casa.

Hoje, a Câmara de Ibirubá conta com apenas três servidores concursados: dois no setor financeiro e somente um junto a secretaria. O último concurso ocorreu já há 14 anos. Na argumentação justifica-se que, através de cargos efetivos, garante-se com o concurso a transparência das atividades legislativas, “pois estes não defendem siglas partidárias, portanto não são escolhas políticas, defendendo exclusivamente os interesses do Legislativo Municipal”.

 

Foto em destaque: engenheiro florestal Nelson Nicolodi participou da sessão de segunda-feira (12ª do ano). Ele falou sobre o exagero do uso de agrotóxicos na região, registro de motosserras, licenciamento para funcionamento das pedreiras e outras questões ambientais (foto: Reprodução Câmara de Ibirubá)