Corede promove assembleia da Consulta Popular
24 junho 2017 |
Compartilhe:

Com mais uma redução no orçamento, região terá R$ 1,8 milhão para dividir. Consulta Popular não terá recursos para áreas importantes, como Educação, Saneamento Básico e Habitação

O Conselho Regional de Desenvolvimento do Alto Jacuí (Corede) realizou na manhã de quinta-feira a Assembleia Microrregional da Consulta Popular 2017-2018 – 2ª etapa, na Câmara de Ibirubá. O presidente Roberto Luís Visoto apresentou os critérios e métodos e representantes de cada segmento as defesas das demandas.

Também no encontro foi realizada a eleição das demandas microrregionais e escolhidos os delegados e coordenadores municipais do processo. Ao todo, integram o Corede 14 Conselhos Municipais de Desenvolvimento (Comudes), de Boa Vista do Cadeado, Boa Vista do Incra, Colorado, Cruz Alta, Fortaleza dos Valos, Ibirubá, Lagoa dos Três Cantos, Quinze de Novembro, Não Me Toque, Saldanha Marinho, Santa Bárbara do Sul, Salto do Jacuí, Selbach e Tapera.

A reunião de Ibirubá refere-se à Microrregional dos municípios de Colorado, Ibirubá, Quinze de Novembro, Saldanha Marinho e Santa Bárbara do Sul.

Como vem ocorrendo gradualmente ano a ano, o Governo do Estado reduziu ainda mais os recursos da Consulta Popular e áreas como educação, saneamento básico e habitação não serão contempladas. A previsão orçamentária para o Corede Alto Jacuí é de R$ 1,8 milhão.

No ano passado, somente seis municípios dos 14 que compõem o Corede Alto Jacuí atingiram o número mínimo necessário de eleitores para receber o recurso – 800 eleitores no caso de Ibirubá.

Consulta Popular

A Consulta Popular acontece nos dias 01,02 e 03 de agosto de 2017. A votação será realizada somente em meio eletrônico (www.consultapopular.rs.gov.br). A reunião em Ibirubá é a 2ª etapa do processo, onde se vota nas demandas disponíveis e escolhe os delegados regionais. O público presente então votou nas seguintes demandas, que serão apresentadas na assembleia do dia 6, em Cruz Alta:

1) Ampliação e modernização da infraestrutura de rede telefônica rural, permitindo acesso à internet

2) Aquisição e renovação de equipamentos na segurança pública (viaturas, equipamentos, armamentos para a BM, PC, Susepe, IGP e Bombeiros)

3) Ampliação e qualificação da rede hospitalar de baixa e alta complexidade regional – ampliação física do Hospital São Vicente de Paulo de Cruz Alta

4) Implantação da incubadora tecnológica na Unicruz

As demandas serão defendidas pelos delegados escolhidos, a Secretária de Saúde de Ibirubá Carlota Artmann e o Capitão da Brigada Militar Juliano Cadó Soares. Em Ibirubá, preside o Comude o secretário da Indústria e Comércio, Olindo de Campos.