Segurança
Emater apresenta projeto de trabalho a detentos à SSP
8 julho 2017 | Segurança
Compartilhe:

Ideia é que detentos produzam alimentos nas unidades prisionais

O presidente da Emater, Clair Kuhn, apresentou terça-feira ao secretário de Segurança Pública do RS, Cezar Schirmer, o trabalho de inclusão social e profissional com detentos desenvolvido pela Emater. O ex-prefeito de Quinze de Novembro também discorreu sobre as demandas da região do Alto Jacuí na área de segurança.

A proposta é viabilizar o trabalho de detentos, para que os presos não fiquem ociosos, trabalhem para dar um retorno à sociedade, resultando em redução nos índices de reincidência na criminalidade.

A Emater desenvolve um trabalho experimental com detentos do regime semiaberto em Charqueadas, onde um grupo de presos produz hortaliças, verduras, mandioca e batata em uma área do presídio. Os alimentos são consumidos na própria unidade.

Os detentos recebem da Emater certificado para apresentarem quando da reinserção no mercado de trabalho. A ação também reduz os custos com a alimentação.

Kuhn também apresentou demandas específicas da região do Alto Jacuí na área de segurança pública. Sobre a ampliação do efetivo policial: a volta de policiais que estão atuando na Região Metropolitana e convênios para que policiais da reserva possam atuar em tarefas administrativas ou de vigilância de câmeras.

Schirmer destacou que o projeto do Comaja para o videomonitoramento é referência para todo o Estado e receberá investimentos para modernização.