Esporte
Entenda a discussão sobre o local da final do Gauchão
1 maio 2017 | Esporte
Compartilhe:

Novo Hamburgo, Inter e FGF divergem sobre regulamento

A final do Gauchão ocorrerá em seis dias, mas ainda não se sabe onde será o jogo entre Novo Hamburgo e Inter. Inicialmente, a partida está marcada para o Estádio Centenário, em Caxias do Sul, mas o Noia trabalha para dar condições ao Estádio do Vale para receber a partida decisiva. O Inter, no entanto, contesta a intenção.

O lado do Novo Hamburgo

Como é preciso ter 10 mil lugares para um estádio poder receber a final, e o Estádio do Vale tem capacidade para 5,5 mil torcedores, a diretoria do Novo Hamburgo planejou a colocação de arquibancadas móveis. Para a semifinal com o Grêmio, o setor provisório não recebeu liberação dos Bombeiros. O time, no entanto, faz ajustes para ter a liberação até terça-feira.

O lado do Inter

A diretoria colorada, por sua vez, alega que o local do jogo deveria ter sido definido até a terça-feira da semana passada. Como o Estádio do Vale não estava apto na data, o Inter já montou sua logística para viajar a Caxias do Sul no fim de semana.

O que diz a Federação

Semana passada, o presidente da FGF, Francisco Novelletto, diz que a determinação do estádio até a terça-feira passada deveria ter sido feita pelo Novo Hamburgo. Contudo, o dirigente afirma que a Federação tem poder para alterar o local da decisão a qualquer momento. Por isso, ele seria o responsável por garantir a realização do jogo no Vale — e determinou o prazo de terça-feira para que o Noia faça os ajustes necessários.

O que diz o regulamento

O regulamento do Gauchão prevê, no artigo 11, a necessidade de uma capacidade de pelo menos 10 mil torcedores para um estádio receber a final que envolva um clube da dupla Gre-Nal. Caso o estádio do time classificado não atenda a exigência, ele tem até 48 horas depois da definição dos classificados à final (neste caso, a terça-feira da semana passada) para definir o novo palco do jogo. O regulamento não faz, contudo, nenhuma menção ou proibição à própria Federação determinar o local da partida em outro momento. E, no artigo 82, o regulamento indica que casos omissos ou dúvidas de interpretação no regulamento serão definidos por Novelletto.

 

ZHESPORTES/Por: Wendell Ferreira

Original em http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/gauchao/noticia/2017/05/entenda-a-discussao-sobre-o-local-da-final-do-gauchao-9784007.html

Foto: Novo Hamburgo tenta liberar arquibancadas móveis (Elenise Martins/ / ECNH,Divulgação)