Saúde
Hoje é o Dia D da campanha de multivacinação
16 setembro 2017 | Saúde
Compartilhe:

Deve ser apresentada a carteira de vacinação

Ocorre neste sábado (16) o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, quando postos de saúde estarão abertos em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 47 milhões de crianças e adolescentes menores de 15 anos estão convocados para comparecer aos postos e atualizar a caderneta de vacinação.

Com o slogan “Todo mundo unido fica mais protegido”, a campanha começou dia 11 e segue até o dia 22 de setembro em cerca de 36 mil postos fixos de vacinação. Ao todo, 350 mil profissionais participam da ação. De acordo com o ministério, de janeiro a agosto deste ano, foram enviadas a todas as unidades da Federação 143,9 milhões de doses de vacinas de rotina. Para a campanha, foram enviadas 14,8 milhões de doses extras.

A meta é resgatar todas as crianças e adolescentes não vacinados e, com isso, iniciar ou completar os esquemas de imunização. Segundo o ministério, 53% não estão com a vacinação em dia.

Menor cobertura

Em 2016, o Brasil registrou a menor cobertura vacinal dos últimos dez anos, segundo a coordenadora-geral do Programa Nacional de Imunizações, Carla Domingues. “O objetivo da campanha é resgatar os não vacinados para que esse dado de 2016 não se repita em 2017”, disse ela. Segundo o Ministério da Saúde, por exemplo, 760 mil crianças não receberam a vacina BCG, que protege contra formas graves de tuberculose.

Muitas doenças que foram erradicadas no Brasil ou mesmo controladas ainda não estão eliminadas e podem representar risco para não vacinados. “A população começa a achar que a vacina é desnecessária e não é verdade. Estamos vendo o surto de sarampo nos países desenvolvidos, por exemplo, e se não mantivermos elevada a cobertura vacinal, voltaremos a ter essas doenças circulando no mundo”, disse Carla, explicando que o fluxo de turismo e comércio no mundo globalizado facilita a circulação de doenças entre os países.

Mudanças

Em 2017, o Ministério da Saúde fez alterações no esquema vacinal e, por isso, orienta os pais a irem aos postos de saúde para checar a caderneta de vacinação. Houve alteração nas vacinas meningocócica C, pneumocócica 10 valente, Papiloma Vírus Humano (HPV), febre amarela e dTpa.

No caso da meningocócica C para crianças, o reforço, que era administrado aos 12 meses agora pode ser feito até os 4 anos. As primeiras duas doses continuam sendo realizadas aos 3 e 5 meses. Para os adolescentes, agora é oferecido um reforço que pode ser administrado de 12 a 13 anos de idade.

A pneumocócica 10 valente para crianças sofreu redução de três doses e passou a ser administrada em duas (2 e 4 meses), com um reforço preferencialmente aos 12 meses, mas que pode ser recebido até os 4 anos.

A febre amarela também mudou de duas para apenas uma dose para todas as faixas etárias.

Já a vacinação contra o HPV, para crianças e adolescentes, passou de três para duas doses, com intervalo de seis meses entre elas, para meninas saudáveis de 9 a 14 anos. O ministério ressalta que a proteção só acontece com o esquema completo após duas doses. Houve ainda a inclusão de meninos de 11 a 14 anos no calendário de vacinação contra o HPV.

Para as adolescentes gestantes também está disponível uma dose da vacina dTpa, a partir da vigésima semana de gestação.

As informações sobre a Campanha Nacional de Multivacinação 2017 estão disponíveis na página do Ministério da Saúde. (Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

 Ibirubá

Durante todo este sábado (16), crianças e adolescentes poderão se dirigir às Unidades de Saúde para atualização de cobertura vacinal. O trabalho segue até o dia 22, das 7h30min às 11h30min e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Neste sábado, Dia D, o Posto de Atendimento Médico do Centro (PAM) e os ESFs dos bairros Floresta, Hermany e Jardim estão atendendo das 8h às 17h, ininterruptamente. A dentista Maria Teresa Ortis Ciprandi estará realizando uma ação sobre saúde bucal no Postão, e a nutricionista Clarice Borges o acompanhamento de pesagem para o Sisvan.

“É fundamental que as crianças e adolescentes tragam a caderneta de vacinação para que os profissionais possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas para completar o esquema vacinal”, informou a enfermeira Joice Marques.

Em Tapera, as Unidades Básicas de Saúde estarão abertas hoje das 8h às 17h. A Unidade Básica de Saúde Vanessa Schneider realiza a atualização da carteira de vacina das 7h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min em Lagoa dos Três Cantos. Neste sábado, 16, dia da mobilização nacional da campanha, a UBS também estará aberta das 8h às 17h. Contato pelos telefones 3392-1062/1179. Da mesma forma, o Posto de Saúde de Quinze de Novembro estará fazendo a Campanha de Multivacinação e atualização da caderneta de vacina hoje, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h.

Mutcom

O Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Comunitária, popularmente conhecido como MutCom, é uma atividade de mobilização nacional voltada à integração e colaboração dos Escoteiros do Brasil com a sociedade. Para os jovens é a oportunidade de exercer atividades de serviço que estimulam o envolvimento com a comunidade. Neste ano, a 19ª edição acontece neste sábado, dia 16, sob o tema “Escotismo e Desenvolvimento Sustentável”.

O Grupo Escoteiro Cônego Bento de Tapera participará dessa ação voltada ao cuidado comunitário, juntamente com a Secretaria de Saúde de Tapera, no “Dia D”.

O GE passará pelos bairros da cidade, divulgando e incentivando as crianças e adolescentes para que procurem sua Unidade de Saúde e atualizem a caderneta.