Sociedade
Ibirubá tem seu primeiro casamento homoafetivo
12 agosto 2017 | Sociedade
Compartilhe:

Rafael Carlos Machado dos Santos Grahl e Mateus Ferraz Grahl são o primeiro casal homoafetivo a oficializar sua união em Ibirubá

 

No dia 14 de maio, o casamento entre pessoas do mesmo sexo completou quatro anos de regulamentação no Brasil. De lá para cá, foram cerca de 15 mil registros oficializados em todo o país. De acordo com as estatísticas do IBGE, atualmente há um aumento de mais de 50% nos casamentos em relação ao primeiro ano de vigor da norma. Apesar de a regularização ter completado quatro anos, em Ibirubá ainda não havia acontecido nenhum casamento gay – ou, utilizando o termo correto, homoafetivo.

O primeiro casal homoafetivo a oficializar sua união o fez na última terça-feira, 8 de agosto. Mateus Ferraz Grahl e Rafael Carlos Machado dos Santos receberam a certidão junto ao Cartório de Registro Civil de Ibirubá.

Mateus tem 20 anos e é natural de Ibirubá, enquanto o agora esposo Rafael tem 30 anos, e é de Passo Fundo. Mateus trabalha como assistente de vendas de tecnologia, enquanto Rafael é cabeleireiro – de “mão cheia”, diga-se de passagem –, com um salão montado a pouco mais de um ano no Centro da cidade.

O casal está junto há quase um ano, e recentemente decidiram solicitar a união estável homoafetiva. “Com o casamento, adotamos o sobrenome um do outro. Correram os proclamas durante 25 dias, e o Promotor de Justiça nos concedeu parecer favorável. É uma sentença corajosa, porque é o primeiro de Ibirubá que converte a união estável de dois homens em casamento. O que nos levou a querer essa união foi o nosso amor sem rótulos e o desejo de construir uma família. Afinal, todo mundo tem o direito de ter uma família, de amar e de ser amado. Não é difícil decidir quando se encontra a pessoa certa – a decisão partiu de ambos. Hoje, existe uma vasta gama de tipos familiares, incluindo famílias construídas sobre casais do mesmo sexo, o que certamente contribui para uma sociedade mais humana. Recebemos diversas mensagens de apoio, e esperamos que possamos servir de exemplo para outros casais que desejam se unir. A todas as pessoas que nos apoiaram e nos incentivaram, ficam nossas palavras de agradecimento”, disse o casal.

Casal comemorou o casamento

…e o beijo não poderia faltar, é claro