Educação
Laboratório IFMaker produz protetores faciais para a comunidade
13 abril 2021 | Educação
Compartilhe:

 

O laboratório IFMAKER está em pleno funcionamento no Campus Ibirubá. O projeto foi aprovado em 2020 e desde então o foco tem sido a produção de equipamentos para a prevenção à Covid-19. Todas as instituições públicas e sem fins lucrativos podem solicitar os escudos faciais produzidos no Campus, até o momento já foram distribuídos 680 protetores, além de acionadores de álcool gel.
O laboratório segue recebendo equipamentos, no momento conta com impressoras 3D, que fazem os suportes para ampliar o conforto dos protetores faciais, uma solução desenvolvida entre o IFRS e outras instituições federais que trabalham em rede. Também possui uma máquina de corte a laser para a modelagem dos protetores.
Mikhaél Braga Meinke é estagiário do IFMaker e destaca a importância das ações desenvolvidas em combate à Covid-19, utilizando a ciência e a tecnologia em favor da comunidade. Segundo ele: “O que eu gostaria que ficasse dessa pandemia é o reconhecimento da sociedade da importância da educação, pois problemas como esses não são resolvidos somente com dinheiro. Os países que têm um ótimo desenvolvimento em educação foram capazes de rapidamente desenvolver vacinas e outras soluções como respiradores de menor custo. Ciência não é luxo, é necessidade”.