Trânsito
Operação Rodovida tem ações em todo o Brasil
28 dezembro 2017 | Trânsito
Compartilhe:

A Operação Rodovida contribui para a redução do número de acidentes nas rodovias federais, mas os números de óbitos ainda são alarmantes. “Se tivéssemos diariamente a queda de um avião matando 110 pessoas ficaríamos muito mais chocados do que os acidentes de trânsito que ocorrem todos os dias e matam as mesmas 110 pessoas”, salientou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

De acordo com o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Maurício Alves, a Operação Rodovida tem como propósito promover ações em três vertentes: educação, engenharia e fiscalização. “Nosso trabalho é superar todas as expectativas e estatísticas na preservação de vidas em nossas rodovias, especialmente no momento em que as famílias mais se deslocam pelas estradas brasileiras e precisam ter suas vidas protegidas”, afirmou o diretor.

A sétima edição da Operação Integrada Rodovida é uma grande ação de enfrentamento à violência no trânsito brasileiro que conta com a participação das três esferas do governo. O lançamento ocorreu na Unidade Operacional da PRF em Anápolis.

Redução

Na última edição da operação, a PRF registrou uma redução de 29% no número de acidentes graves nas rodovias federais. O número de óbitos decorrentes destes acidentes também caiu em 16% de 2015 para 2016.

Para o Diretor-Geral da PRF, Renato Borges Dias, é importante que os órgãos promovam de forma efetiva essa integração em qualquer das esferas do poder, mas principalmente na esfera federal, que precisa dar o exemplo. “E esse é o exemplo que a PRF tem dado buscando parcerias inéditas e consolidando resultados. Não importa quem realiza a ação, o que importa é a entrega social. O resultado de excelência prestado à sociedade e à população brasileira”, afirmou o diretor.