Polícia solicita prisão preventiva de suspeito de matar família em Colorado
27 maio 2017 |
Compartilhe:

Principal suspeito ainda não foi localizado

As equipes da Policia Civil e do Corpo de Bombeiros seguem mobilizadas nas buscas a família de Carazinho que está desaparecida desde a noite da última quarta-feira (24).

Roberto Terres, de 46 anos, sua esposa Marcia Johann, de 50 anos, e a filha adolescente Maria Johann, foram vítimas de uma emboscada no Distrito de Vista Alegre, interior do município de Colorado. O carro da família foi encontrado totalmente queimado na área rural de Mormaço.

Na manhã deste sábado (27), o Delegado responsável pelo caso, Edinei Albarello, concedeu entrevista para a Rádio Uirapuru e forneceu detalhes das investigações. Ele confirmou que encaminhou o pedido de prisão preventiva do principal suspeito de cometer o triplo homicídio. Também destacou que o caso tem envolvimento com o tráfico de drogas.

A equipe de Mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Passo Fundo está no Rio Jacuí, localizado na divisa dos municípios de Mormaço e Victor Graeff, e utilizam cães farejadores nas buscas ao mato.

O Delegado Albarello também afirmou que chamou a atenção a atitude da principal testemunha, o vizinho, que comunicou a polícia somente um dia após a emboscada. Porém, toda a versão fornecida pelo homem condiz com a realidade e na coleta de provas nas investigações.

A partir do momento em que o Poder Judiciário decretar a prisão do suspeito, será feita a divulgação de sua identificação.

Qualquer informação que leve ao paradeiro da família desaparecida deve ser fornecida ao telefone 190 da Brigada Militar ou 197 da Polícia Civil.

Jornalismo Rádio Uirapuru

Créditos: Divulgação

Original em http://www.rduirapuru.com.br/policia/43759/policia+solicita+prisao+preventiva+do+suspeito+de+matar+familia+em+colorado