População reclama do recolhimento do lixo
5 maio 2017 |
Compartilhe:

Ibirubá – O serviço de recolhimento de lixo, que já não era lá essas coisas, vem piorando nas últimas semanas. Os sacos acumulam em frente as casas, nos bairros e no centro, animais rasgam e espalham tudo nas ruas e calçadas – situações que a comunidade já conhece bem.

A administração municipal pede paciência a comunidade e explica. A empresa Ede Jamir dos Santos ME, de Barros Cassal, venceu a licitação em 2016 para serviço e tinha dois contratos com a Prefeitura: um de coleta de lixo orgânico e outro de lixo seco (reciclável). O primeiro venceu dia 1º e a empresa não quis renovar. O outro vence dia 15 e também não será renovado.

Diante da demanda foi contratada emergencialmente a empresa Recuperar Reciladora Ltda. ME, de Barros Cassal, para coleta do lixo orgânico, que assumirá também o reciclável. Assim, entre os dias 2 e 15 de maio a cidade terá duas empresas recolhendo o lixo doméstico.

Até a contratação de nova empresa, os horários e roteiros de recolhimento continuam os mesmos.

O setor de licitações da Prefeitura está organizando novo processo licitatório.

No próximo dia 16, Ibirubá completa um ano de implantação da coleta seletiva

 

FOTO: Lixo vem se acumulando. No caso do Bairro Esperança (foto), não houve recolhimento durante toda a semana