Ibirubá
Programação da Semana da Pátria vai até quinta-feira
3 setembro 2017 | Ibirubá
Compartilhe:

 

Independência do Brasil completa 194 anos em um momento conturbado, até com a soberania ameaçada

Ibirubá – Iniciaram dia 1º, em todo o país, as comemorações da Semana da Pátria. Para 2017, a Liga da Defesa Nacional instituiu os seguintes temas para o desenvolvimento das atividades: “Oswaldo Cruz” e “Homenagem ao Centenário da Morte do Sanitarista” (Nacional), “Corrida do Fogo Simbólico da Pátria” e homenagens à “80ª Corrida e Movimento Tradicionalista Gaúcho” e “70 Anos da Chama Crioula” (Estadual) e “Viver é Conviver: Cuidando de Relacionamentos” (Municipal).

Neste ano, o acendimento da centelha aconteceu na Igreja Católica Nossa Senhora de Lourdes, na manhã de quarta-feira (30/8). Anualmente, o Departamento de Cultura e Turismo da SMECTD é responsável por organizar um ritual para o acendimento da centelha, que dá origem ao fogo simbólico no Altar da Pátria, na Praça General Osório.

Buscando um significado ecumênico, houve singela cerimônia na igreja Católica, com a presença do vice-prefeito Alberi Behnen, secretária Mariana Moraes, assessor do DMD Milton da Silva, coordenadora Alessandra, dois soldados da BM e o padre Miguel Rosati.

A Brigada Militar manteve a guarda da centelha até ontem, 1º de setembro, quando foi então acesa a Pira da Pátria. Participaram do ato autoridades, estudantes e comunidade em geral. Logo após, foi realizado o hasteamento das bandeiras, ao som do Hino Nacional Brasileiro, interpretado pela Banda Municipal. Direção da Escola Alfredo Brenner retiraram uma centelha do Fogo Simbólico para levar até o Distrito de Alfredo Brenner, onde também será desenvolvida programação.

Até a próxima quinta-feira, feriado de 7 de setembro, hasteamento e o arriamento das bandeiras são organizados pelo Departamento de Cultura da SMECTD, com a participação da comunidade e apresentações artísticas e culturais. Os atos cívicos ocorrem sempre às 8h e às 17h45min.

O encerramento oficial da programação ocorre na quinta, quando o CTG Rancho dos Tropeiros fará a fusão do Fogo Simbólico com a Chama Crioula.

Alunos retiraram a centelha do Fogo Simbólico para levar a Alfredo Brenner

Banda Municipal tocou o Hino Nacional

Autoridades hastearam as bandeiras

Abertura ocorreu na Praça General Osório

Fogo Simbólico foi aceso quarta-feira, na igreja