Política
Reforma administrativa: economia considerável em Quinze de Novembro
6 fevereiro 2017 | Política
Compartilhe:

Promessa da atual administração saiu do papel

O Executivo Municipal de Quinze de Novembro sancionou e promulgou durante a semana a Lei Municipal que consolida a reforma administrativa. Após a tramitação, análise e aprovação por unanimidade na Câmara de Vereadores, o projeto prevê diminuição de salários de coordenadores e a extinção das gerências e da COMPAQ já a partir de janeiro.

As medidas são consideradas essenciais para que a administração obtenha fôlego financeiro para dar um retorno maior à comunidade através de serviços públicos e investimentos. Com elas, mais a diminuição das nomeações de cargos de confiança e ajustes em vários contratos, obtêm-se uma economia mensal de R$ 70 mil – economia, não cortes.

A reforma foi uma das promessas de campanha da atual administração. “Em breve vamos alcançar a nossa meta, que é de comprometer apenas 39% do orçamento com a folha de pagamento. A experiência e a participação do nosso vice-prefeito (Paulo Prante) nessa discussão tem nos trazido muita visão e tranquilidade para enfrentar esses desafios”, ressaltou o prefeito Gustavo Stolte.

Na oportunidade, foi também concedido reajuste aos servidores públicos, que, com muito esforço e negociação, ficou em 7%, acompanhando os índices inflacionários. (Bruna Schemmer/PMQN)