Região
Tratamento do esgoto pode avançar com soluções eficientes
21 outubro 2017 | Região
Compartilhe:

Sob o tema “Projetos para tratamento do esgoto doméstico”, foi realizado pelo Comaja quarta-feira, 18, na Câmara de Ibirubá, o Encontro Regional de Saneamento Básico. Diversos representantes dos municípios que integram o Consórcio compartilharam informações sobre o assunto.

Foram apresentados o Projeto de Estação de Tratamento do Lodo de Esgoto Doméstico (ETLED), de Tapejara; o Projeto de Estação de Tratamento de dejetos humanos por eletrólise e compostagem termofílica, de Palma Sola (SC); e o projeto piloto da Corsan “Estação de Tratamento para lodo das fossas sépticas”.

O encontro também contou com a presença da engenheira ambiental Sara Ceron Hentges, da Emater, que apresentou os projetos que a entidade desenvolve no tratamento de esgoto em áreas rurais. Ela também falou sobre recuperação de nascentes: Emater e Comaja analisam uma parceria para captar recursos e implantá-lo na região.

Conforme o diretor de Meio Ambiente do Comaja, Éverton Lagemann, os projetos apresentados durante o evento são todos viáveis, e as tecnologias demonstram grandes resultados. “Quem participou ficou contente, inclusive alguns municípios já manifestaram interesse em buscar recursos para viabilizar esses sistemas. Agora, os municípios precisam atualizar os planos municipais de saneamento, onde deverá constar a possibilidade de implantar sistemas mistos e individuais como solução para o esgotamento sanitário”, destaca Éverton.