Geral
Tudo pronto para volta às aulas
9 fevereiro 2017 | Geral
Compartilhe:

 

4EDUaulas3

Visão Regional/Ibirubá/09/02/2017

Após alguns dias de descanso, é o momento dos estudantes ficarem atentos às datas do início do ano letivo nas redes estadual, municipal e particular. Muitos estão na expectativa para mais um ano de aprendizagem e também organizados para comprar o material escolar e uniformes.

Nas escolas da rede municipal e particular (Sinodal e Viscondinho) as aulas iniciam dia 20, uma segunda-feira. Nesse mesmo dia as escolas estaduais Edison Quintana, Hermany e General Osório também retomam suas atividades. Data diferente na Escola Ibirubá e Edmundo Roewer, que começam na quarta-feira, dia 22. Dia 3 de março, o campus do IFRS de Ibirubá recebe os alunos.

O momento também é especial para os professores, que antes do início do ano letivo terão encontro de formação: dias 15 e 16 na Casa de Cultura para a rede municipal; dias 16 e 17 para professores das escolas Edison Quintana e General Osório; dias 20 e 21 para as escolas Ibirubá e Edmundo Roewer; e dia 16 para a Hermany.

4EDUaulas1

Livrarias apostam na variedade de produtos e pagamento facilitado

Pesquisa de preços, escolha dos produtos, cálculos e atenção para não errar, assim tem sido a busca pelo material escolar nesses dias que antecedem a volta às aulas. Algumas lojas já começaram a registrar aumento na movimentação.

Conforme a gerente da Livraria FAE, Ester Bergmann, esta semana foi tranquila, pois provavelmente muitas pessoas estão deixando para fazer as compras de última hora. Outro aspecto que pode influenciar nas vendas é a concorrência, já que supermercados e lojas de confecção também costumam ofertar material escolar nesta época.

É possível notar no comércio que os valores dos produtos tiveram um pouco de aumento. Por isso, os empresários apostam em diferenciais para atrair o cliente, como grande variedade de produtos e também o parcelamento no cartão de crédito.

Diante das dificuldades econômicas, a proprietária da Recopel Papelaria, Vera Alves, destaca que existem os produtos mais sofisticados, com características que atraem as crianças, e outros mais simples, com preço mais acessível – para todos os “tipos de bolso”.