Saúde Voluntariado
Turma da Alegria leva alegria a pacientes internados mensalmente
7 fevereiro 2020 | Saúde Voluntariado
Compartilhe:

Os versos daquele clássico do samba já diziam que o sorriso fazia bem para tocar a vida em frente depois da perda de um amor. Celebrado em 18 de janeiro, o Dia Internacional do Riso foi criado para lembrar que ele também é bom para a saúde.

Ciente disso, a Turma da Alegria, projeto Terapia do Riso, realiza mensalmente visitas especiais os pacientes em recuperação no Hospital da Comunidade Annes Dias. O grupo de palhaços voluntários percorre os quartos com pacientes, onde promove experiências de alegria, tanto para pacientes, como para acompanhantes.

Os palhaços, Dr. Alegria, Dr. Saracura, Dra. Sorrisal e a mascote galinha Crotilde, a Dra. Carinhosa e Dra Esperança realizam esse trabalho voluntariamente desde 2016.

Para a supervisora administrativa do hospital, Denia Costa Moreira, o trabalho voluntário, além de nobre, traz benefícios para todos. “De forma lúdica, eles mudam a rotina hospitalar, trazendo mais leveza e descontração a pacientes, acompanhantes e funcionários em um ambiente que invariavelmente lida com a doença”, descreve Denia.

Para a aposentada Oscarina Pinto Schizzi, de 85 anos, a presença dos palhaços emociona. “Eu nem sabia que isso existia, mas eles são muito bons e alegram a gente”, conta.

Gilmar dos Santos, o Dr. Alegria, diz que os atores vão além de brincadeiras e palhaçadas. Segundo ele, esse trabalho é realizado para melhorar o dia dos pacientes e literalmente fazer esquecer que estão em um hospital. “A presença do palhaço, faz com que o paciente resgate a memória de alegria e desenvolve um bom humor, além disso ajuda no tratamento”, destacou.