Vereadora Dileta concorrerá à presidência da Ascamaja
24 janeiro 2018 |
Compartilhe:

Ibirubá – A Associação das Câmaras Municipais do Alto Jacuí (Ascamaja) escolherá e dará posse a sua nova diretoria na próxima sexta-feira, 26 de janeiro, em Tapera. Até agora, a questão estava definida com uma única chapa, encabeçada pelos vereadores Kiko Damiani (Luiz Ricardo Damiani), de Saldanha Marinho, e Deinner Maurer, de Quinze de Novembro. Esta semana, porém, a vereadora Dileta de Vargas Pavão das Chagas resolveu também concorrer.

Conforme acordo entre os partidos, este ano a presidência caberá ao Partido Progressista (PP), que tem 72 vereadores com direito a voto na área de abrangência da Associação, apesar de que o vice-presidente pode ser de outro partido.

Segunda-feira a vereadora Dileta decidiu candidatar-se e começou a trabalhar na campanha. Ela afirma que seu nome havia sido lançado em maio, durante a primeira sessão da Ascamaja no ano, e que se estivesse atuando como vereadora iria concorrer.

De fato, cotada para assumir a Secretaria da Saúde de Ibirubá, ela deve ocupar uma cadeira na Câmara Municipal pelo menos até março. Disse que recebeu apoio da Família Covatti há alguns meses e que, apesar do tempo exíguo, já contatou muitos vereadores e nesta quinta-feira pretende ir aos municípios.

A chapa terá vereadores de Não-Me-Toque, Lagoa dos Três Cantos, Cruz Alta, Coqueiros do Sul e provavelmente de Selbach, afirma a vereadora ibirubense. A ideia é procurar os vereadores que habitualmente não participam das reuniões. Em Ibirubá, o PP tem quatro vereadores.

A diretoria é composta por doze pessoas. A vereadora Dileta lembra que a Ascamaja nunca teve uma presidente mulher, “que tem de ter mais espaço na política”. Lembra que participou de todas as reuniões como vereadora e que apresentou trabalhos em todas elas.

Uma de suas ideias é lutar para que Ibirubá tenha um médico perito do INSS, atendendo uma região que compreende também Colorado, Selbach e Quinze de Novembro.

“Se eu não me eleger, isso não vai mudar nada na minha vida. Mas se eu me eleger, posso fazer um trabalho tão grande como fiz na Câmara, porque além de ajudar o meu município, vou ter a oportunidade de ajudar os outros municípios. Do contrário, vou dar os parabéns a quem se eleger”.

Questionada sobre a possível saída para a Secretaria da Saúde, ela pondera que o vice-presidente (ou a vice) poderá prosseguir naturalmente com o seu trabalho.

O atual presidente, vereador ibirubense Vagner Oliveira, divulgou o convite para a eleição no domingo, dia 21. A reunião ocorrerá a partir das 19h na sede do Grupo Folclórico Piazito Gaudério (Avenida XV de Novembro, em Tapera).