Saúde
Victor, Não Me Toque e Lagoa garantem atendimento de urgência e emergência com recursos próprios
21 junho 2016 | Saúde
Compartilhe:

 

2SAUDEnmt lagoaNão Me Toque – Desde a suspensão do atendimento de urgência e emergência do Hospital Notre Dame Julia Billiart,  os prefeitos de Victor Graeff, Lagoa dos Três Cantos e Não Me Toque vem tentando encontrar uma solução para não deixar os munícipes desamparados.

A suspensão do serviço de urgência e emergência que vinha sendo executado pelo Hospital Notre Dame decorreu devido aos atrasos nos repasses financeiros por parte do Governo do Estado, o que gerou grandes dificuldades da instituição manter este serviço e outros, por conta da falta de repasses do SUS e do convênio Porta de Entrada para Urgência e Emergência. Por conta disso, o hospital acumula dívidas com os médicos que fazem o plantão e outros fornecedores. O déficit com os serviços prestados para o SUS somam mais de R$ 200 mil mensais.

Na manhã do dia 21/6,  gestores dos três municípios reuniram-se com representantes dos Hospitais Notre Dame Julia Billiat e Alto Jacuí para seguir as tratativas relacionadas ao atendimento de urgência e emergência.

Os municípios elaboraram uma proposta financeira para prestação de atendimento, onde solicitaram a manifestação de interesse dos hospitais em assumir o serviço. O Hospital Alto Jacuí acenou positivamente, e o Hospital Notre Dame Julia Billiart somente quanto aos procedimentos eletivos, desde que com complemento financeiro.

Conforme o secretário de Saúde de Não Me Toque, Marco Costa, o debate centralizou-se no formato do serviço e nas possibilidades financeiras dos municípios, que terão que arcar com 100% do custo, uma vez que o Estado está omisso à situação.

Para manter o atendimento, Não-Me-Toque, Victor Graeff e Lagoa dos Três Cantos dividirão o valor inicialmente acordado de R$ 183 mil mensais.

Após as discussões, ficou acertado que os municípios conveniarão com o Hospital Alto Jacuí os serviços de urgência/emergência e de obstetrícia. A questão relativa a realização de cirurgias e demais procedimentos eletivos será discutida noutro momento. As informações são da Prefeitura de Não-Me-Toque.